Ádria Freitas

Uma Vez aberta as Portas da percepção, Impossível retornar.

Textos

Gato Preto
Um gato preto cruzou meu caminho,
que susto eu levei, olhei no calendário,
era sexta feira 13, o que me importa,
o gato, a data, o caminho,
naquele dia eu estava feliz,
olhei bem nos olhos dele e disse:
"Me de sorte gatinho"
No dia seguinte acordei, olhei
ao redor e pensei:
"que sorte eu tenho"
Todos os dias eu acordo bem, feliz e
saudável, aquele gatinho tem que
cruzar mais vezes meu caminho...
ADRIAFF
Enviado por ADRIAFF em 25/12/2013
Alterado em 25/12/2013

Site do Escritor criado por Recanto das Letras